segunda-feira, 31 de agosto de 2009

cantiga

pra onde foram os beijos,
os abraços e os amores
que ontem nos arrebataram
e não voltam nunca mais?

pra onde foram pessoas
que vieram e ficaram
tão nossas, tão vivas, plenas,
agora quase irreais?

para onde vão as coisas
que se perdem pela névoa,
tragadas por temporais?
 
vão para junto dos barcos
que navegaram pras nuvens
sem jamais chegar ao cais.

3 comentários:

  1. oi
    vim conhecer seu blog..
    muito lindo..
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Maria do Carmo Bomfim2 de setembro de 2009 23:51

    Não conhecia este poema. Lindo!
    Bjs.
    Maria do Carmo

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do seu blog, Cairo!

    Cantiga é um lindo poema!

    ResponderExcluir